Condições Particulares viagem Caminho Inca clássico

É necessário um permit para realizar o caminho Inca, que está incluído na viagem.
É necessário um passaporte com uma validade minima de 6 meses após a data de saida do país visitado.
 
Segue alguma da regulamentação do caminho Inca:
- Os lugares disponíveis para fazer o caminho Inca são limitados a 500 pessoas pro dia, com base no “o primeiro a chegar é o primeiro a ter lugar”. Pelo que, querendo fazer o caminho Inca, convém inscrever-se com a maior brevidade possível.
- Depois de reservado o valor do Caminho Inca não é reembolsável em caso de desistência.
- A reserva do caminho Inca só será possível se fazer com os dados do seu passaporte.
- Se o seu passaporte se perder antes da realização do caminho Inca, o novo pedido para fazer o caminho terá custos.
Esta regulamentação pode ser alterada a qualquer altura pelas autoridades Peruanas.
- Existe a possibilidade das autoridades Peruanas aumentarem o fee da entrada do Caminho Inca, Machu Pichu, e outros pontos turísticos importantes. Se assim o fizerem, o viajante será informado no local e o montante extra precisará de ser pago localmente em dinheiro.
 
Voo
Ao fazer escala em Lima, terá de levantar a sua bagagem e despacha-la novamente para o seu voo seguinte para Cusco – mesmo se a sua bagagem foi despachada desde Portugal directamente para Cusco e mesmo que em Portugal lhe tenham dito que não necessita de levantar a bagagem em Lima.
Depois de levantar a bagagem, deverá passar na alfandega e deixa-la no local indicado para o novo voo.
Se não o fizer, a sua mala poderá não chegar a Cusco para o inicio do trek.
Este é um requerimento do aeroporto em Lima e também se aplica para o seu voo de regresso.
 
Pagamento final da viagem
O pagamento final desta viagem deverá ser feito a 75 dias da data de partida.