RECEBA AS NOSSAS NEWSLETTERS

Geral

Fotografia

Trekking e montanha

Aventura

tel: +351 218 452 689
geral@papa-leguas.com

ENCONTRE A SUA VIAGEM

...apenas viagens novas

por palavra-chave

pesquisa avançada »

QUANDO E ONDE

| viagens | actividades |

consulte o nosso calendário geral:

Home » Outros » África » Japão » À descoberta do Japão


À descoberta do Japão

13 dias de viagem. Alojamento em hotéis, templo e hotel cápsula. Transporte em comboio e autocarro. Acompanhamento de tour leader da Papa-Léguas durante toda a viagem.

Itinerário detalhado - Legenda (P: Pequeno almoço A: Almoço J: Jantar)

Dia 1:  Voo cidade de origem - Tóquio.
     mais...
Hoje iniciamos a nossa fantástica viagem ao País do Sol Nascente. O nosso voo fará uma escala intermédia antes de aterrar em Tóquio, já no dia seguinte.
Dia 2:  Tóquio.
Alojamento: Hotel
     mais...
A viagem foi cansativa, mas a curiosidade aguça-nos e os nossos sentidos estão todos alerta e ávidos de novos estímulos.
Depois de passar a alfândega e recolher as bagagens, o nosso tour leader estará à espera para vos dar as boas vindas.
Alguns procedimentos terão que ser feitos no aeroporto depois da chegada do grupo, nomeadamente a obtenção do Japan Rail Pass. Este procedimento vai demorar algum tempo, pelo que, o primeiro ensinamento do Japão irá ser aprendido - A espera!
Na posse de todos os documentos necessários rumaremos ao nosso hotel nas proximidades da estação de Shinzuku. À tarde rumaremos para um dos bairros mais peculiares de Tóquio - Akihabara - famoso pela concentração dos fans do Anime e de Manga. Exploraremos o bairro durante a tarde e planeamos um regresso cedo ao nosso hotel para recuperar energia e nos apresentarmos em forma para o dia seguinte.
Dia 3:  Tóquio.
Alojamento: Hotel
Refeições: P     mais...
O dia começa cedo… e para quem assim o desejar de uma forma bastante japonesa. O nosso pequeno-almoço será extremamente saudável e um desafio para o palato ocidental.
Um dos pontos mais procurados pelos estrangeiros que visitam Tóquio é o mercado do peixe - Tsukiji Market. Este é o maior mercado de peixe do mundo! O espaço está dividido em duas grandes áreas. Uma mistura de pequenos restaurantes, onde pode provar quiçá o mais fresco sushi do mundo, com lojas de artigos diversos que vão desde as famosas facas japonesas a pequenas livrarias. A outra parte é o verdadeiro coração do mercado onde poderemos apreciar os vendedores na sua labuta diária transacionando em média duas mil toneladas de peixe e marisco diariamente.
Depois do mercado peixe, o cenário mudará radicalmente em poucos passos. Entramos na zona de Ginza. Uma área chique onde as lojas de marca e os edifícios de arquitetura fazem valer os seus direitos. Almoçaremos por aqui e deambularemos um pouco pelas suas ruas. A meio da tarde partiremos para Odaiba, contemplando as cores de por do sol e o skyline da cidade com a ponte arco-íris a servir de moldura. Antes de regressar ao hotel, e se as forças assim o permitirem, percorreremos a famosa zona de Shibuya com o seu famoso cruzamento e os neons ofuscantes imortalizados em inúmeros filmes, tais como "Lost in Translation".
Dia 4:  Tóquio - Kawagachiko - Tóquio.
Alojamento: Hotel
     mais...
De manhã bem cedo rumaremos à mais movimentada estação de metro e comboios do mundo - Shinjuku. Por minutos nós seremos alguns entre as cerca de três milhões de pessoas que diariamente por aqui passam. O nosso objetivo é o autocarro que nos levará a Kawaguchiko, nas margens de um dos 5 lagos que envolvem o emblemático Monte Fuji. A viagem, que será bastante cénica na sua parte final, demorará cerca de duas horas.
Chegados a esta acolhedora povoação, percorreremos a pé as margens do lago em busca dos melhores enquadramentos do Monte Fuji. Visitaremos o museu de arte Itchiku Kubota, onde poderemos apreciar a mestria com que este "feiticeiro" da cor pintou as mais belas paisagens do Japão em impressionantes quimonos. A meio da tarde regressaremos a Tóquio e ao hotel. Noite livre para relaxar.
Dia 5:  Tóquio - Hiroshima.
Alojamento: Hotel
Refeições: P     mais...
O dia começará com uma breve caminhada pelo Parque Ueno, um dos maiores da cidade, seguindo a nossa rota para o Bairro de Asakusa. Caminharemos pelas suas ruas até ao mais famoso templo Budista de Tóquio - o Sensoji.
Ao início da tarde, e depois recolhermos as nossas bagagens, iniciaremos a nossa viagem para Hiroshima. Para percorrer a distância que nos separa do nosso próximo destino encontraremos lugar nos confortáveis shinkanzen - os famosos “comboio bala” - que nos levarão desde a capital até Hiroshima em pouco mais de 5 horas percorrendo quase mil quilómetros. Chegada a Hiroshima ao início da noite. Tomaremos um autocarro ou táxi para o hotel. Check-in e noite livre.
Dia 6:  Hiroshima - Miyajima - Hiroshima.
Alojamento: Hotel
Refeições: P     mais...
Depois de um revigorante pequeno-almoço, iniciaremos a nossa caminhada em direcção ao Parque da Paz. Esta área ajardinada é um memorial às vítimas da primeira bomba atómica lançada precisamente sobre a área onde agora encontramos o parque. O verde do jardim camufla as recordações do que se terá passado naquele dia de Agosto de 1945. No entanto, o Hiroshima Peace Memorail Museum que iremos visitar, vai encarregar-se de nos avivar a memória para um acontecimento que se deseja irrepetível, tal o horror que provocou.
A visita ao museu ocupar-nos-á uma boa parte, senão toda a manhã. Até ao almoço deambularemos pelo jardim observando o quotidiano dos habitantes da cidade que, se o tempo permitir, aproveitarão um ou outro banco do jardim para almoçar.
Nós procuraremos também um local para almoçar. Depois teremos à nossa espera uma pequena viagem de comboio, seguida de outra de ferry até à ilha património mundial de Miyajima.
Esta ilha é famosa pelo seu Torii que, com a maré cheia, parece flutuar. No entanto a ilha é muito mais que o seu torii. Miyajima é uma palavra japonesa para designar uma “ilha-santuário”. A esse facto não é estranho os templos que poderemos encontrar ao longo do nosso passeio pela ilha. Visitaremos o templo de Itsukushima, que a par do já falado torii compõem um dos 3 locais mais cénicos do japão.
Ao fim do dia regressaremos a Hiroshima. A caminho do hotel tentaremos encontrar um restaurante que satisfaça o estomago do viajante mais intrépido.
Dia 7:  Hiroshima - Monte Koya.
Alojamento: Mosteiro
Refeições: P - J     mais...
O dia de hoje promete ser longo e profícuo em novas experiências.
Chegar ao monte Koya não é fácil. Melhor. Chegar ao Monte Koya não é rápido. A nossa odisseia começará com uma viagem de comboio-bala entre Hiroshima e Shin-Osaka. A partir daí vai ser um saltitar constante entre comboios, elevadores de cremalheira e autocarros até chegarmos ao mosteiro que nos acolherá por uma noite.
O Monte Koya é um local sagrado. É o centro de uma fação do budismo conhecido como Shingon e introduzido no Japão no ano de 805 por Kobo Daishi. Em redor do templo erguido por Kobo Daishi, cresceu uma pequena aldeia de templos que começou por albergar peregrinos e que hoje abre a porta a todos os visitantes que desejem pernoitar neste local sagrado.
Ficar alojado num templo é uma experiencia única de vivência autêntica e de partilha do modo de vida local. Das refeições, aos banhos, passando pelo próprio quarto e pelas orações matinais, tudo nos dá uma perspetiva de um japão que pensávamos só existir nos filmes.
Dia 8:  Monte Koya - Quioto.
Alojamento: Hotel
Refeições: P     mais...
O dia começará ao nascer do sol. O gongo tocado pelo monge chama-nos para a oração matinal. A oração e um pequeno-almoço vegetariano e com sabores a aventura leva-nos à descoberta de Okunoin. Este local sagrado, um dos maiores, senão o maior cemitério do Japão alberga o mausoléu de Kobo Daishi. Numa extensão que ultrapassa os dois quilómetros, mais de duzentas mil campas se distribuem por esta área florestada, emprestando um ambiente verdadeiramente místico ao local.
Ao início da tarde, iniciaremos a nossa viagem para Quioto. Tal como a chegada ao Monte Koya envolveu “saltitar” entre comboios, autocarros e elevadores de cremalheira, a saída para o nosso próximo destino terá um idêntico procedimento.
Chegaremos à antiga capital do Japão ao final do dia, a tempo para dar um passeio e fazer o primeiro reconhecimento da cidade.
Dia 9:  Quioto.
Alojamento: Hotel
Refeições: P     mais...
O dia de hoje vai ser cansativo e, esperamos, incrivelmente belo.
Quioto é a cidade dos templos. Contam-se-lhes mais de 1500 de todos tamanhos e dispersos por quase toda a cidade. Obviamente que selecionaremos apenas alguns para visitar durante a nossa estada na cidade.
Depois do pequeno-almoço tomaremos o autocarro (ou comboio) para Kinkaku-ji - “O Templo do Pavilhão Dourado”. Este templo budista data do final do séc. XIV. Para além do pavilhão dourado, os jardins do templo são um verdadeiro hino ao desenho de jardins do período Muromachi, considerado o período clássico do desenho de jardins japoneses.
Do templo dourado deambularemos até uma “pequena pérola” dos jardins. A caminhada não nos ocupará mais de 20 minutos, mas com sorte seremos recompensados com um ou dois casais de noivos que escolhem este jardim para as suas fotografias de casamento.
A hora do almoço estará já por perto, e Quioto é uma cidade ideal para experimentar a comida de rua, que normalmente é barata e deliciosa.
Se de manhã visitamos o templo dourado, à tarde iremos deambular pelo Templo de Prata. Este templo, servirá igualmente de ponto de partida para percorrermos o Caminho do Filósofo. Esta caminhada, feita ao longo de um canal e emoldurado por arvoredo que se espera já com cores outonais.
O fim do dia, será destinado a explorar o Gion. Este antigo bairro repleto de restaurantes e casas de chá com traça tradicional é o “habitat” natural das Geishas e das Maikos. Percorreremos as vielas deste bairro tentando encontrar uma delas a entrar ou a sair de uma das casas de chá.
A noite será livre e poderemos permanecer no bairro de Gion ou fazer uma caminhada até ao hotel.
Dia 10:  Quioto - Nara - Quioto.
Alojamento: Hotel
Refeições: P     mais...
Depois do pequeno-almoço rumaremos à primeira capital do Japão - Nara. A viagem demorará cerca de 50 minutos.
Esta cidade, estabeleceu-se no ano 710 património e cresceu à volta de templos e jardins. O aumento do poder e influência dos templos budistas começou a ameaçar a classe política de então o que ditou a mudança da capital para Quioto. No entanto, este espólio arquitetónico manteve-se até aos nossos dias, justificando uma visita à cidade.
Regressaremos a Quioto ao fim do dia a tempo de começarmos a pensar na compra de souvenirs para familiares e amigos.
Dia 11:  Quioto.
Alojamento: Hotel
Refeições: P     mais...
Hoje veremos dois dos pontos que serão seguramente dos mais fotografados em Quioto. Em localizações quase opostas, optaremos por começar por Arashiyama e pela sua famosa alameda de bambus. No entanto há muito mais para ver no que toca à paisagem natural deste local. Exploraremos o parque em redor, tentando “perder-nos” por entre trilhos mais ou menos fechados ou deixando-nos encantar por pequenas lojas de artesanato.
Regressaremos à cidade para almoçar e “deambular” pelas ruas movimentadas antes de tomarmos um comboio para o nosso próximo objetivo - Fushimi-inari-taisha. O templo que possui provavelmente a maior concentração de toriis do Japão formando com ele verdadeiros túneis.
Este templo xintoísta, famoso pelos milhares (mais de 40000 segundo consta) de toriis vermelhos, foi erguido em honra do Deus Inari, a divindade do arroz e das colheitas. Os toriis estão distribuídos por vários caminhos que nos poderão levar ao topo do monte, também ele sagrado e que se apropriou do nome do deus, Inari.
O dia terminará já em Quioto, onde nos esperará seguramente um reconfortante jantar.
Dia 12:  Quioto - Osaca.
Alojamento: Hotel-cápsula
     mais...
A manhã é livre para compras ou visitas independentes. Subir ao topo da Torre de Kyoto poderá ser uma boa opção. Ao início da tarde embarcaremos rumo a Osaca. Chegaremos a meio da tarde a tempo de um jantar de despedida onde recordaremos os melhores momentos passados neste país fantástico. A noite de hoje encerra ainda uma experiência típica deste país … Dormiremos num hotel cápsula!  
Dia 13:  Voo Osaca - cidade de origem.
     mais...
Três horas antes da saída do voo chegaremos ao aeroporto para iniciar as formalidades de embarque para o voo que nos levará de regresso a casa. Faremos uma escala numa cidade europeia ou do médio oriente.         
Veja mais
  e partilhe

Testemunhos

 
Luís M  
- 27/03/2017 11:14:26
  À descoberta do Japão

Foi um tempo muito bem aproveitado e o guia foi 5 estrelas. Apenas gostaria de ter aproveitado para entrar um pouco mais na cultura japonesa visitando 1 ou 2 museus com alguma explicação ( Museu EDO Toquio, Arte Comntemporânea, ... ).

Mais...

 
Imagens recolhidas em Tóquio durante a primeira edição da viagem "À descoberta do Japão"  
O seu nome *:
O seu e-mail *:
O nome do seu amigo*:
O e-mail do seu amigo*:

* campo obrigatorio

também lhe podem interessar as seguintes viagens:

 À descoberta da Índia
 À descoberta da Indochina
 À descoberta da Indonésia