RECEBA AS NOSSAS NEWSLETTERS

Geral

Fotografia

Trekking e montanha

Aventura

tel: +351 218 452 689
geral@papa-leguas.com

ENCONTRE A SUA VIAGEM

...apenas viagens novas

por palavra-chave

pesquisa avançada »

QUANDO E ONDE

| viagens | actividades |

consulte o nosso calendário geral:

Home » Aventura » África » Laos, Camboja » Aventura no Laos & Camboja


Aventura no Laos & Camboja

Laos e Camboja. 12 dias de viagem. Alojamento em hotéis 3 estrelas. City tour em Luang Prabang, Vienciane e templos de Angkor Wat (Camboja).

Itinerário detalhado - Legenda (P: Pequeno almoço A: Almoço J: Jantar)

Dia 1:  Voo cidade de origem - Luang Prabang.
     mais...
Voo com destino a Luang Prabang (escalas intermédias) e noite e bordo.
Dia 2:  Chegada a Luang Prabang (Laos).
Alojamento: Hotel
     mais...
Chegada a Luang Prabang, assistência no aeroporto e transporte privado para o hotel.
Check-in e tempo livre.
 
 
Dia 3:  City tour em Tuk tuk (Luang Prabang).
Alojamento: Hotel
Refeições: P     mais...
Neste dia de manhã, por volta das 5am, há a possibilidade de assistir às orações matinais dos monges. Caso pretenda assistir, terá de se combinar previamente com o guia. Assistir a esta cerimónia implica o pagamento de um donativo de 4 USD por pessoa (a pagar localmente).
 
Pequeno-almoço no hotel e city tour de Tuk tuk em Luang Prabang.
 
O rickshaw motorizado, vulgarmente chamado de tuk tuk, chegou ao Sudeste asiático em 1934 vindo do Japão. Hoje em dia é o meio de transporte mais popular no Laos, Tailândia e Camboja. Escolhemos este meio de transporte para o city tour em Luang Prabang por ser um ícone mas também pelo veículo ser descapotável o que permite uma visita muito agradável.
Encontro com o guia às 08:30am no hotel.
Depois de uma pequena caminhada pelas ruelas, chegará a Wat Mai, também conhecido como o «mosteiro novo», construído em 1796. «Novo» porque o antigo foi destruído por um sismo e teve de ser restaurado em 1821 pelo rei  Manthathourat. O principal ponto de interesse do templo são os relevos da fachada principal, os painéis contam a história de Vessentara, uma das maias sagradas encarnações de Buda Vessentara.
 
Nas imediações do templo Wat Mai localiza-se o Museu Nacional que foi construído para ser o palácio real (Haw Kham). O guia fará o enquadramento e dar-lhe-á informações sobre o museu, nomeadamente sobre cada divisão do antigo palácio real.
Depois da visita ao museu iremos para mais um passeio de tuk tuk até ao templo de Wat Visoun, que visitaremos. Este templo foi construído no reinado do rei  Visounarat em cerca de 1520. No ano de 1942, foi transformado em Museu da Artes Religiosas, contendo inúmeras imagens de Buda e artefatos do século 14.
 
De seguida, iremos também de tuk tuk e ao longo das margens do Rio Nam Khan até ao templo de Wat Xieng Thong, um dos locais mais sagrados do Laos e o mais importante de Luang Prabang. Até 1975, data em que o partido comunista ganhou ascendente sobre o Laos, Wat Xieng Thong era um templo real gerido pela família real.
Durante os anos sessenta do século 20, Wat Xieng Thong foi completamente remodelado, tornando-se o esplêndido templo que vemos hoje em dia.  
Antes de terminarmos o city tour iremos subir a escadaria da colina de Phou Si, pejada de pequenos templos e santuários. O stupa dourado no topo da colina está edificado numa rocha. Ao lado do stupa encontramos uma capela com crentes a orar e um pouco mais abaixo, veremos parte do Wat Phra Buddabhat (o templo da pegada de Buda). As vistas do topo da colina são soberbas para a península onde o Rio Nam encontra o intrépido rio Mekong.  
 
Pasaagem pelo «night market» onde se poderá encontrar uma variedade de têxteis feitos à mão por uma tribo local que habita nas redondezas de Luang Prabang.
Regresso de Tuk Tuk ao hotel.
 
**Itinerário sujeito a alterações.
 
Dia 4:  Cruzeiro no rio Mekong. Visita à gruta de Pak Ou.
Alojamento: Hotel
Refeições: P     mais...
Pequeno-almoço no hotel e ida para o cais para realizarmos um cruzeiro no Rio Mekong.
O curso do majestoso Mekong inicia-se no planalto Tibetano  e corre através da China, Birmânia, Tailândia, Laos, Camboja e Vietname. É o décimo rio mais longo da Terra, tendo um comprimento de 4.909km. O nome Mekong significa «mãe-rio» tal a sua importância para a vida nesta região, com efeito a sua bacia é considerada a segunda mais rica em biodiversidade do mundo, logo a seguir ao rio Amazonas.
 
A embarcação (slowboat) levar-nos-á através do Mekong até à excitante gruta de Tham Ting que visitaremos antes de prosseguirmos até às grutas sagradas de Pak Ou (http://en.wikipedia.org/wiki/Pak_Ou_Caves) que nos revelarão um legado maravilhoso de espiritualidade e cultura. Com efeito, esta gruta foi palco durante o século 15 de religiões animistas (que creem que os espíritos além da forma humana, também adquirem a forma de animais, rochas, rios e trovões, entre outros) que veneravam o espírito da água que habitava o Mekong e que gradualmente se foi miscigenando com o Budismo.  No interior das grutas de Tam Ting encontraremos stupas, santuários e gravuras de Buda, mais de 4 mil figuras de Buda se encontram espalhadas pelas encostas e paredes calcárias das grutas, testemunhando o trabalho de variadíssimos artesãos ao longo dos séculos.
 
No regresso, iremos visitar algumas aldeias locais como Ban Xang Hai onde se encontra uma destilaria de Whisky de arroz (Lou Lao) que iremos visitar para experimentar a iguaria. Também visitaremos a aldeia de Ban Xang Khong onde os artesãos do Laos se dedicam ao fabrico artesanal de figuras em papel Saa, matéria-prima retirada das amoreiras existentes na região.
Noite em Luang Prabang.
Dia 5:  Luang Prabang - Vang Vieng.
Alojamento: Hotel
Refeições: P     mais...
Deixando a bela cidade de Luang Prabang, seguimos de automóvel através dos cenários montanhosos do centro - norte do Laos. Durante a jornada, pararemos em algumas aldeias de etnia Hmong, um grupo étnico das montanhas do Laos, sendo descendente da Etnia Miao, proveniente do sul da China que durante o século 18 emigraram para sul devido à instabilidade política e à falta de terra arável.
 
Por fim, chegaremos à pequena cidade de Vang Vieng (http://pt.wikipedia.org/wiki/Vang_Vieng), situada entre gigantes penhascos de pedra calcária. É sem dúvida, uma região belíssima, acentuada pela passagem do rio Nan Song à sombra dos gigantes calcários.
 
 
Dia 6:  Vang Vieng - Grutas e passeio de barco na Lagoa Azul - Vientiane.
Alojamento: Hotel
Refeições: P     mais...
Pequeno-almoço e transporte em veículo para Vientiane mas no caminho faremos uma paragem para visitar as grutas de Vang Vieng e a Lagoa azul, onde faremos um passeio de barco para visitar algumas aldeias pesqueiras.
Ao fim do dia, continuamos a rota até Vientiane, a capital desde o século 16 e a maior cidade do Laos, também situada nas margens do Rio Mekong.
Check-in no hotel e tempo livre.
 
 
 
Dia 7:  Vientiane city tour.
Alojamento: Hotel
Refeições: P     mais...
Pequeno-almoço e city tour em Vientiane (http://en.wikipedia.org/wiki/Vientiane).
Hoje iremos partir à descoberta do charme de Vientiane. A capital do Laos é uma das cidades mais calmas e tranquilas do Sudeste asiático.
O city tour inicia-se no templo de Wat Sisaket que foi construído segundo o estilo da arquitetura budista da região do Sião com terraços e telhados sobrepostos, também poderemos contemplar as mais de duas mil estátuas em cerâmica e prata de Buda.
A nossa próxima visita será o templo de Wat Phra Kaew, construído no século 16 foi em tempos a "casa" do Buda Esmeralda que agora está no templo com o mesmo nome mas na cidade de Banguecoque. O atual templo foi reconstruído em 1920, durante a ocupação francesa do território do Laos.
A visita prossegue para o famoso stupa dourado de That Luang, um edifício que remonta o século III que é o símbolo do Laos. No caminho visitaremos o monumento de Phatuxay, um arco do triunfo dedicado aos combatentes da restauração da Independência.  
 
Da parte da tarde, visitaremos o parque Buda.
 
 
Dia 8:  Voo Vientiane - Siem Reap (Camboja).
Alojamento: Hotel
Refeições: P     mais...
Depois do pequeno-almoço, tempo livre até à hora do transfere para o aeroporto com destino a Siem Reap (Camboja).
Serão recebidos pelo guia no aeroporto e irão de imediato visitar o templo de Angkor Wat.O fundador do templo foi Suryavarman II, que reinou no Camboja de 1113 até 1152 e, no seculo 12 mandou construir cinco torres para dedicar ao deus hindu Vishnu.
O plano da concepção piramidal do templo combinando espaços e becos é uma obra-prima de arquitetura e construção.
Almoço e ida ao hotel para o check-in.
Da parte da tarde, iremos visitar os highlights do «grande circuito», incluindo Preah Khan, que significa «A Espada Sagrada», este templo também foi construído por Jayawarman VII e é famoso por seus corredores cruciformes imensamente longos e esculturas delicadas. Neak Pean, templo que é um destaque da arte Khmer. Construído por Jayavarman VII, este templo é a representação perfeita dos céus na terra.
East Mebon, que foi construído no século X por Rajendravarman; e a ultima visita a  Pre Rup igualmente construído no seculo X por Rajendravarman.
Chega a hora de ver o romântico pôr do sol nos templos.
Pernoita em Siem Reap.
Dia 9:  Siem Reap - Templos de Angkor Wat - Siem Reap.
Alojamento: Hotel
Refeições: P     mais...
Pequeno-almoço no hotel e visita aos templos de Angkor Wat. Ida em veículo até ao Portão Sul do templo Angkor Thom e visita a Angkor Thom, Bayon, Baphoun, Phimeanakas, terraço do Rei Leper e elefante.
Da parte da tarde visitaremos outros templos do «pequeno circuito», visitando Ta Phrom, Prasat Kravan, Banteay Kdei, Srah Srang, Takeo.
Regresso a Siem Reap e noite em hotel.
 
Dia 10:  Siem Reap - Templos de Angkor Wat - Siem Reap.
Alojamento: Hotel
Refeições: P     mais...
Logo de manhã seremos levados a Angkor Wat para ver o nascer do sol e regressaremos ao hotel para tomar o pequeno-almoço.
A visita de hoje inclui a ida a Banteay Srei e Banteay Samre.
À tarde iremos visitar «Roluos group» em que existem três santuários hindus: Preah Ko, Bakong e Lolei. Todos os três templos foram construídos de tijolos e, embora não sejam tão espectaculares como os outros templos de Angkor, estão bem preservados e merecem uma visita.
Regresso ao hotel e noite em Siem Reap
Dia 11:  Siem Reap - Lago Tonle Sap - Voo cidade de origem.
Refeições: P     mais...
Pequeno-almoço, check-out do hotel e ida para o lago Tonle Sap (http://pt.wikipedia.org/wiki/Tonle_Sap) para fazermos um passeio de num tradicional barco de madeira.
Transporte para o aeroporto para regressarmos à cidade de origem.
 
Nota: caso os voos o obriguem, pode haver necessidade de ficarmos mais uma noite em Siem Reap e voar no dia seguinte.  
 
Dia 12:  Chegada à cidade de origem.
     mais...
Chegada à cidade de origem e fim dos serviços da Papa-Léguas.
Veja mais
  e partilhe

Testemunhos

 
Sem resultados
 
O seu nome *:
O seu e-mail *:
O nome do seu amigo*:
O e-mail do seu amigo*:

* campo obrigatorio