RECEBA AS NOSSAS NEWSLETTERS

Geral

Fotografia

Trekking e montanha

Aventura

tel: +351 218 452 689
geral@papa-leguas.com

ENCONTRE A SUA VIAGEM

...apenas viagens novas

por palavra-chave

pesquisa avançada »

QUANDO E ONDE

| viagens | actividades |

consulte o nosso calendário geral:

Home » Trekking » África » Rússia » Ascensão ao Mt Elbrus 5642m


Ascensão ao Mt Elbrus 5642m

10 dias de viagem. 5 dias de trekking e ascensão. Alojamento em hotéis e refúgios de montanha. Acompanhamento técnico do guia de montanha.

Itinerário detalhado - Legenda (P: Pequeno almoço A: Almoço J: Jantar)

Dia 1:  Voo cidade de origem - Moscovo - Mineralnye Vody.
     mais...
Hoje é o dia de partida para a Rússia. O voo faz escala numa cidade europeia e em Moscovo. Esta viagem é longa e cansativa.
Dia 2:  Chegada a Mineralnye Vody. Transporte para o Vale de Baksan.
Alojamento: Hotel
Refeições: J     mais...
Depois de uma noite sem dormir e de uma breve mas alucinante viagem entre terminais no aeroporto moscovita, chegaremos a Minerlanye Vody em pleno Cáucaso, onde o nosso representante estará à nossa espera.
Desde esta cidade que é a nossa porta de entrada no Cáucaso, até ao Vale de Baskan teremos ainda uma viagem de cerca de 4 horas. Dependendo do número de pessoas, poderemos ter de esperar um par de horas pela saída do autocarro.
Durante a viagem faremos uma ou duas paragens para descansar as pernas e para comprar algo para comer.
Chegada ao hotel, check-in e jantar.
 
Dia 3:  Dia de aclimatação nas montanhas de Cheget (3450m).
Alojamento: Hotel
Refeições: P - A - J     mais...
Depois do pequeno-almoço iniciaremos o nosso trekking de aclimatação desde o hotel até à vila de Cheget. Este percurso de cerca de 40 minutos passa por uma calma zona de bosques e pequenos riachos.
Uma vez chegados a Cheget tomaremos os meios mecânicos (telecadeiras) para chegar o mais alto possível sem despender muita energia. Desde o local onde deixamos as telecadeiras continuamos a subir até chegar ao topo do Monte Cheget a 3450 metros de altitude. Se o clima estiver favorável, as vistas do topo são deslumbrantes. Estaremos cara-a-cara pela primeira vez com o monte Elbrus. Nas nossas costas as montanhas da Geórgia a escassos quilómetros insinuam-se extremamente belas. Caso o aquecimento global não tenha intensificado a sua ação poderemos ver um curioso glaciar em forma de X suspenso nas montanhas georgianas.
Iniciaremos a descida até aos meios mecânicos e nestes seguiremos até à aldeia de Cheget onde tomaremos o almoço num restaurante local.
No caminho de regresso ao hotel poderemos visitar uma fonte termal e caso necessitemos de alugar algum equipamento, é esta a altura para o fazer (peça ao guia). Regressaremos ao hotel perto das 5 da tarde. Jantar por volta das 19h.
 
Porquê as telecadeiras?
Pensamos que as telecadeiras são úteis. A verdade é que não é a dois ou três dias da ascensão que vai treinar para ela. Mas é possível que a dois ou três dias da ascensão, se fizer um esforço intenso, facilmente se sentirá cansado ou poderá, fruto de algum infortúnio, fazer uma pequena lesão que o impeça de estar a cem por cento no dia "D".
 
Dia 4:  Aclimatação a 4500m - Refúgio Barris.
Alojamento: Refúgio
Refeições: P - A - J     mais...
Hoje partimos para o Elbrus propriamente dito.
Com todo o equipamento necessário para a ascensão e com o pequeno-almoço já tomado partiremos para a montanha usando uma sequência de meios mecânicos que nos colocarão aos 3800 metros, altitude a que se encontra o nosso campo base - Os famosos Barris.
Depois de instalados e retemperados com uma chávena de chá e meia dúzia de bolachas partiremos para a marcha de aclimatização até ao um ponto chamado Pastuckhov Rocks que se encontra a sensivelmente 4300 metros de altitude. Caso o grupo esteja bem preparado e o guia assim o entenda, a subida pode ser maior de forma a dar uma breve explicação/treino de técnicas de progressão em neve e gelo e técnicas de auto-detenção em caso de queda.
 
Os Barris não são (plural - na realidade o refugio é composto por cerca de 12 barris gigantes com capacidade para albergar cerca de 6 pessoas cada) o refúgio a maior altitude, mas é seguramente o mais confortável. Dispõem de camas individuais, luz elétrica, aquecedores, cozinha e sala de refeições.
 
Dia 5:  Dia de aclimatação e repouso.
Alojamento: Refúgio
Refeições: P - A - J     mais...
É bom ter um bom dia de descanso antes do dia de cume. Depois do pequeno-almoço vamos subir para aclimatar mas não mais que os 4300m, não iremos acima das rochas Pastuckhov. Descida e resto do dia de descanso.
Dependendo da meteorologia e do tempo o guia pode dar umas noções de auto-detenção em neve e gelo. Mas isto só para se sentir confortável, nenhuma experiencia é requerida.
Dormida nos Barrils.
 
 
Dia 6:  Dia de cume do Monte Elbrus.
Alojamento: Refúgio
     mais...
Acordaremos muito cedo, por volta das 2 da manhã. E deixaremos o refugio por volta das 3h da manhã, depois de equipados a rigor e com o pequeno-almoço já tomado.
A marcha começa lenta e ziguezagueante pela montanha. O frio será intenso, por isso as paragens serão poucas e breves até ao nascer do sol, que acontecerá na zona de Pastuckhov Rocks. A beleza do nascer do sol neste local é indiscritível. Nas nossas costas vemos o refúgio muito ao longe e a perder de vista temos as montanhas da Geórgia e o Vale de Baskan. A subida continua até uma zona denominada de Seddle. Aqui o terreno perde (e muito) a sua inclinação e iniciamos uma marcha longa por uma área aplanada. Estamos já no limiar dos 5000 metros. A respiração já se faz de forma ofegante e as pernas começam a pesar. O assalto ao cume está prestes a acontecer, para isso temos cerca de 500 metros de desnível para vencer, que se farão de forma lenta mas determinada. Finalmente, e depois da ultima e suave subida chegamos ao ponto mais alto da Europa - 5642 metros.
Depois da fotografia(s) iniciaremos rapidamente a descida até um local abrigado para comer qualquer coisa e hidratar. Depois de descansar retomaremos a descida até ao refúgio dos Barris onde pernoitaremos.
 
O dia de hoje é duro. Conte com cerca de dez a doze horas para a ascensão e descida até ao refúgio. Apesar da subida não ser técnica, o frio pode ser intenso, por isso previna-se com equipamento adequado.
 
Dia 7:  Dia de reserva ou Descida ao Vale de Baksan.
Alojamento: Hotel
Refeições: P     mais...
Caso tenhamos conseguido a nossa ascensão no dia programado (ontem), o dia de hoje é destinado à descida até ao hotel no vale onde teremos o resto do dia para descansar ou passear pelas redondezas, visitando o pequeno mercado da lã na aldeia.
O pequeno-almoço será tomado no refúgio dos Barris, o almoço na aldeia de Azzau e o jantar no hotel.
 
 
Dia 8:  Descida ao Vale de Baksan.
Alojamento: Hotel
Refeições: P     mais...
Caso tenhamos subido no dia previsto, hoje passaremos o dia em calmos trekkings nos arredores do nosso hotel (o itinerário será discutido localmente entre o grupo e o guia).
 
Dia 9:  Transporte para Mineralnye Vody. Voo para Moscovo.
Alojamento: Hotel
     mais...
Hoje faremos cerca de 4 horas de minibus até Minerlniye Vody e dai cerca de duas horas de voo até Moscovo. Chegada e transfer para o hotel.
Dia 10:  Voo Moscovo - cidade de origem.
Alojamento: Hotel
     mais...
Em hora a marcar localmente transporte para o aeroporto para embarcar para o voo em direcção à cidade de origem.
Veja mais
  e partilhe

Testemunhos

 
Vitor M  
- 22/09/2017 18:36:50
  Ascensão ao Mt Elbrus 5642m

A viagem correu muito bem e foi uma experiência nova e muito gratificante!
Muito obrigado por todas as diligências por vós desenvolvidas para me proporcionar a melhor experiência possível! Tudo decorreu sem contratempos e de forma muito profissional.

Mais...
 
O seu nome *:
O seu e-mail *:
O nome do seu amigo*:
O e-mail do seu amigo*:

* campo obrigatorio