RECEBA AS NOSSAS NEWSLETTERS

Geral

Fotografia

Trekking e montanha

Aventura

tel: +351 218 452 689
geral@papa-leguas.com

ENCONTRE A SUA VIAGEM

...apenas viagens novas

por palavra-chave

pesquisa avançada »

QUANDO E ONDE

| viagens | actividades |

consulte o nosso calendário geral:

home » acerca das viagens »


acerca das viagens


Viagens de aventura

As viagens aqui apresentadas são na sua esmagadora maioria viagem de aventura. Por isso, existem riscos e perigos que não estão incluídos numa viagem tradicional, que podem ser: esforço físico para o qual poderá não estar preparado; condições Meteorológicas sujeitas a alterações repentinas; falta de apoio médico convencional devido a estar em regiões remotas; dificuldade de evacuação em caso de acidente, etc. As viagens estão sujeitas a contratempos, assim o seu itinerário e os serviços durante a viagem podem sofrer alterações sem aviso prévio devido a circunstâncias locais, como doenças, problemas políticos, dificuldades fronteiriças ou por circunstâncias imprevisíveis. Não será dada nenhuma remuneração por serviços que não sejam utilizados. Nas viagens da Papa-Léguas os participantes não realizam esforços sobre-humanos, porém é necessário uma condição física e psicológica adequada à viagem que vai realizar.

Nestas viagens é fundamental o viajante ter um estado de espírito aberto e optimista para enfrentar os possíveis contratempos que poderão ocorrer: não espere encontrar o conforto e as condições de higiene a que está habituado, nomeadamente nos abrigos de montanha, cabanas ou hotéis; a alimentação (muitas vezes) está enquadrada com os hábitos e costumes locais, sendo impossível comer outra coisa.

Se não for uma pessoa versátil e activa e se não estiver habituada a contratempos ou discordar com algo do que acima foi apresentado, é preferível não viajar com a Papa-Léguas.


   Ver Condições Gerais
dificuldade
conforto
seguro
saúde
equipamento

dificuldade

As viagens da Papa-Léguas estão classificadas com quatro graus de dificuldade de acordo com a exigência física que é requerida a cada participante. Correspondem a quatro cores diferentes que vão do verde - menor esforço físico - ao vermelho que representa o esforço mais extremo que as nossas viagens podem encerrar.

Estes níveis, foram estabelecidos de acordo com vários critérios, tais como a média de horas de marcha (ou outra actividade física) a efectuar diariamente; do número de dias em que tem que despender esse esforço no conjunto total dos dias da viagem; da existência ou não do factor altitude; da existência ou não de veículos ou outros meios de suporte, tais como animais de carga ou carregadores etc.

Desta forma temos o seguinte:

Verde : Deve esperar pequenas e muito breves marchas em bom piso, sem desnível. Virtualmente andará tanto ou menos que no seu dia-a-dia. Adequado a todos os sedentários de todas as idades.
Amarelo: Deve esperar marchas ou outro tipo de esforços em dois ou mais dias da sua viagem. As marchas poderão ser mais ou menos prolongadas por trilhos ou caminhos de pé posto. A duração do esforço a realizar no dia mais longo não deverá exceder as 6 horas. Adequado a pessoas activas.
Laranja: Deve esperar marchas ou outro tipo de esforço. As marchas poderão ser mais ou menos prolongadas por trilhos, caminhos de pé posto ou neve. A duração do esforço a realizar no dia mais longo não deverá exceder as 8 horas. Adequado a pessoas em forma.
Vermelho: Actividade física intensa na maior parte dos dias da viagem. Caminhadas a altitudes médias que podem superar os 5000 m em trilhos, caminhos de pé posto, neve ou gelo com desníveis pronunciados. Em algumas situações poderá haver necessidade de meios auxiliares de progressão. O dia mais longo pode chegar a 16 horas de actividade física. Possibilidade de pernoitas de um ou mais dias acima dos 5000 metros. Adequado a pessoas em muito boa forma física.

As viagens de montanha que envolvam uma ou mais ascensões, pela sua especificidade, fogem à matriz aplicada às demais viagens. Encontram-se igualmente divididos em quatros graus de dificuldade, com parâmetros que vão da dificuldade técnica da rota à necessidade ou não do uso de meios auxiliares de progressão.

Porém, uma ressalva deve ser feita.

Todas as viagens que envolvem ascensões são exigentes fisicamente independentemente do grau com que são classificadas

Grau 1: Subida realizada em bons trilhos ou caminhos de pé posto. A inclinação é sempre inferior a 45°. As etapas são curtas e sem necessidade de qualquer equipamento técnico.
Grau 2: Subida moderada, geralmente em caminhos fàceis mas incluindo algumas passagens um pouco mais técnicas e/ou com inclinação acima dos 45°. Poderá ser usado equipamento técnico de progressão e segurança, nomeadamente crampons e cordas. As etapas terão uma duração entre as 3 e as 6 horas, excedendo esse valor no dia de cume.
Grau 3: Subida moderada técnica em que pelo menos uma parte do percurso requer a utilização de crampons e piolet/bastões para progressão e o uso de corda de segurança. São esperadas inclinações acima dos 45° em alguns troços da ascensão. Etapas diárias moderadas com duração média de 6 horas, excedendo esse valor no dia de cume.
Grau 4: Escalada técnica exigente. São esperadas inclinações acima dos 45° no dia de cume. Requer equipamento técnico tal como crampons, piolet e corda de segurança. Pode ter etapas diàrias exigentes superando as 8 horas de marcha, excedendo esse valor no dia de cume.

conforto

O conforto durante a viagem a par do esforço físico pode ser motivo para escolher entre duas ou mais opções. Desta forma elaboramos um Grau de Conforto para o ajudar a escolher melhor.

Para a elaboração deste grau tivemos em linha de conta o tipo de alojamento e de transporte usado em cada uma das viagens.

Verde: Alojamento em hotéis de 4 e 5* em quarto duplo com casa de banho privativa. Possibilidade de alojamento em embarcação em camarote duplo ou comboio em liteira dupla ou quadrupla. Transportes em veículos privados e alguns troços em veículos públicos, nomeadamente aviões, barcos e comboios.
Amarelo: Alojamento em hotéis de classe turistica, 3 e 4* em quarto duplo com casa de banho privativa. Transportes em veículos privados e alguns troços em veículos públicos, nomeadamente aviões, barcos e comboios.
Laranja: Alojamento em hoteis simples em quartos duplos ou dormitórios . Dois ou mais dias com casas de banho partilhadas. Transportes em veículos privados e alguns troços em veículos públicos.
Vermelho: Alojamento em tendas e refúgios. Possibilidade de dormir em camaratas. Casas de banho partilhas, ou inexistência delas em dois ou mais dias. Transportes em veículos públicos e alguns troços em veículos privados.

seguro

O seguro comercializado pela Papa-Léguas é um produto da companhia de seguros AÇOREANA e designa-se Multi Protecção Viagens.

Todos* os viajantes PAPA-LÉGUAS estão cobertos pela apólice nº 16.27078282.

A assistência em viagem é prestada pela EUROPE ASSISTANCE e, em caso de necessidade, deve ser accionada através do telefone 00351 707 200 116. Se accionar o seguro ou a assistência em viagem deve munir-se de todos os comprovativos das despesas efectuadas e de todos os relatórios sejam eles médicos, policiais ou de outra índole.

A partir do momento em que o seguro ou a assistência em viagem são accionados, o viajante deve tratar directamente do processo com a companhia de seguros AÇOREANA. A Papa-Léguas não pode ser responsabilizada em momento algum pela avaliação que a companhia de seguros vier a fazer da ocorrência.

Veja toda a informação relevante do seu seguro neste documento (clique aqui)


* seguros de montanha

As viagens de Montanha que envolvam o uso de meios auxiliares de progressão e segurança tais como crampons, arnês, piolet, cordas ou outros instrumentos próprios da prática de alpinismo e escalada estão excluídas da apólice acima citada. Para estas actividades devem os viajantes subscrever um seguro desportivo de Montanhismo e Escalada junto das federações da especialidade ou de clubes a que estejam afectos.

saúde

Algumas viagens que apresentamos, são efectuadas em locais onde os cuidados de saúde prestados às populações não seguem os padrões ocidentais; outras desenrolam-se em países ou áreas do globo com problemas de saúde específicos, e que por isso necessitam da parte do viajante de uma prevenção antes da partida. Para que nada fique descurado deixamos aqui algumas moradas que podem ser úteis para preparar a sua viagem no que toca a cuidados de saúde.

Clínica de Medicina Tropical e do Viajante
  Esta é talvez a única clínica privada em Lisboa que se dedica exclusivamente à medicina tropical e do viajante.
Morada: Av. Liberdade, 129 - 7ºD - Lisboa
Tel.: 213 225 622
Fax: 213 225 668
Medicina de viagens do Hospital Curry Cabral
  Morada: Rua da Benificiência, n.º 8 1069 - 066 Lisboa
Tel.: 217 924 322
Centro de Saúde dos Guindais (consulta de viajante)
  Este centro presta consulta dos viajantes no Porto.
Horário: segunda-feira e quarta-feira
Inscrições das 9H00 às 10H30, 14H00 às 15H30 (limite de manhã: 40 utentes e à tarde 30 utentes)
Morada: Rua Arnaldo Gama, 64 4000 Porto
Tel.: 222 002 540
Instituto de Higiene e Medicina Tropical
  Esta organização dispõe de uma clinica médica do viajante onde presta assistencia e permite a marcação de consultas a todos quantos pretendem viajar.
Morada: R. Junqueira, 96 1349-008 Lisboa
Tel.:
213 652 600
Fax:
213 632 105
E-mail:
info@ihmt.unl.pt
Link:
http://www.ihmt.unl.pt
Organização Mundial de Saúde
  Neste site pode ficar a par das ultimas noticias respeitantes a doenças e epidemias emergentes em várias partes do mundo através dos relatórios. Pode ficar a saber também das vacinas necessárias ou de outro tipo de profilaxias necessárias para viajar pelas mais diversas partes do mundo.
Link: Organização Mundial de Saúde

É IMPORTANTE CONSULTAR O MÉDICO ANTES E DEPOIS DE VIAJAR
Não se esqueça que algumas das viagens aqui apresentadas realizam-se em áreas do globo onde algumas medidas extra de saúde devem ser tomadas, por isso consulte um médico antes e depois da sua viagem.


equipamento

O equipamento é fundamental para que a sua viagem seja confortável. Deve olha-lo como um investimento e, nitidamente há itens em que não convém poupar dinheiro. Aquilo que aqui apresentamos é uma lista elaborada para uma viagem típica que envolva caminhadas, alojamentos em tendas ou refúgios. Esta lista pode pecar por excesso. Quando se inscrever na sua viagem, receberá uma lista específica do que precisará.


Cabeça:
  • Chapéu de sol.
  • Gorro.
  • Óculos de Sol.
Tronco:
  • Primeiras camadas térmicas: 2 unidades.
  • T-shirts de algodão.
  • Forro polar 100 e 200 ou equivalente.
  • Impermeável leve e/ou corta-vento.
Mãos:
  • Luvas de primeira camada e luvas externas (para viagens invernais ou ascensões a montanhas).
  • Bastões (facultativo).
Pernas:
  • Calças primeira camada.
  • Calças de trekking.
  • Calças leves impermeáveis.
  • Calções.
  • Calças casual para as cidades.
  • Polainas.
Pés:
  • Botas de caminhada.
  • Sapatos desportivos ou sandálias para uso no acampamento, refúgio ou hotel.
  • Meias.
  • Meias técnicas de caminhada ( 2 a 3 pares).
  • Atacadores suplentes.
Generalista
  • Estojo de higiene*.
  • Roupas de viagem.
  • Saco – cama resistente ao frio. Temperatura de conforto -5 a 0 graus.
  • 1 manta de sobrevivência (optativo).
  • Toalha sintética de trekking - pack towel.
  • Sabonete de mãos anti-bacteriano.
  • Bolsa de documentos e dinheiro (com apoio no pescoço ou outra).
  • Cinto para transportar dinheiro (optativo).
  • Pequeno cadeado para trancar o saco.
  • Pequeno estojo de costura.
  • Tape.
  • Mochila de dia/ trekking de cerca de 30 Litros.
  • Cantil com capacidade para 1,5 L. ou dois de 0,75 L.
  • Lanterna frontal e pilhas alcalinas de substituição.
  • Navalha multiusos, tipo exército suíço.
  • Kit básico de primeiros-socorros.
  • Máquina fotográfica.

*Estojo de higiene: material de banho; protector solar; protector labial; pastilhas purificadoras de água; toalhetes; repelente de insectos (depende da altura do ano); lenços de papel e papel higiénico. Tampões para ouvidos para utilizar no refúgio.

Saco maleável de 70 - 90 litros. Será conveniente que o seu equipamento seja acondicionado num saco maleável, que facilita o seu manuseamento e transporte.


onde comprar equipamento?  
ver todas as viagens